Entenda o tratamento do câncer de ovário
02/07/2018

Entenda o tratamento do câncer de ovário

O câncer de ovário é o sétimo câncer feminino mais comum em todo o mundo, sendo o câncer ginecológico mais grave. Com difícil diagnóstico, a doença não possui uma causa aparente e pode se manifestar em qualquer idade, mas atinge principalmente mulheres acima de 50 anos. Apesar da elevada taxa de letalidade, há diversas formas […]

O câncer de ovário é o sétimo câncer feminino mais comum em todo o mundo, sendo o câncer ginecológico mais grave. Com difícil diagnóstico, a doença não possui uma causa aparente e pode se manifestar em qualquer idade, mas atinge principalmente mulheres acima de 50 anos. Apesar da elevada taxa de letalidade, há diversas formas de tratamento para a doença. A escolha do tratamento vai depender do estágio da doença, da idade da paciente, tipo de tumor e do estadiamento. Se a doença for detectada no início – especialmente nas mulheres mais jovens – é possível remover somente o ovário afetado. Tire suas dúvidas e fique atenta a como tratar a doença!

 

Quais são os estágios da doença?

Em geral, a doença se divide em quatro estágios:

  • Estágio I: o câncer é encontrado em um ou ambos os ovários
  • Estágio II: o câncer se espalhou para outras partes da pelve
  • Estágio III: o câncer se espalhou para o abdômen
  • Estágio IV: o câncer é encontrado fora do abdômen, como no fígado

 

Entenda os tipos de tratamento do câncer de ovário

Cirurgia

A cirurgia é o tratamento mais eficaz e definitivo para eliminar o tumor, e, conforme o estágio da doença, pode ser feita de várias formas:

  • Remoção de um dos ovários
  • Remoção de ambos os ovários
  • Remoção dos ovários e do útero
  • Cirurgia de câncer avançado

Quimioterapia

A quimioterapia é um tratamento que utiliza substâncias químicas que eliminam as células de crescimento rápido no corpo, incluindo as células cancerígenas. De maneira geral, a quimioterapia é administrada por via venosa, mas em alguns casos pode ser administrada por via oral.

Terapia direcionada

Essa técnica usa medicamentos que visam atingir as vulnerabilidades específicas presentes nas células cancerosas. Neste método, o médico testa as células cancerígenas da paciente para determinar qual terapia-alvo causará, mais provavelmente, um efeito sobre o câncer.

Tratamento paliativo

Este tratamento é focado na diminuição da dor e dos outros sintomas da doença, visando melhorar a qualidade de vida das pessoas com câncer e suas famílias. Os cuidados paliativos podem ser usados ​​durante outros tratamentos agressivos, como cirurgia e quimioterapia.

Na maioria dos casos, o tratamento mais indicado é a cirurgia, mas cada pessoa reage melhor a certos tipos de tratamento. Por isso, inicialmente, procure um oncologista especialista para obter o melhor tratamento possível e aumentar as chances de cura.

 

Links relacionados

Referências