Cuidados Com o Verão

Cuidados com o verão
Sol, mar, praia, céu azul e aquele calor de matar. O verão está começando e é preciso cuidados especiais com a sua saúde. Se você está em tratamento, saiba o que você pode ou não fazer na estação mais quente do ano.

Num país tropical como o nosso, o verão é esperado o ano todo para desfrutarmos daquelas merecidas férias. Quem mora longe da praia, corre pra fazer as malas, quem mora no litoral, separa o guarda-sol e a cadeira e só pensa no momento de entrar no mar. Mas todo o cuidado é pouco. Filtro solar fator 30 e um chapéu são peças fundamentais no figurino. Os horários de exposição já foram divulgados à exaustão, mas não custa reforçar: sol só antes das 10 e depois das 16h e não vale nenhuma escapada. A hidratação também é essencial, portanto, tome bastante líquido. No item alimentação, comidinhas leves, saladas, frutas e legumes devem fazer parte de todas as refeições.

voltar ao topo

Ao Sol

Para as mulheres que estão em pleno tratamento de radio, o melhor é evitar e não se expor ao sol. “Ela sabe o local que não deve tomar sol de maneira alguma porque a área em que a radio está sendo aplicada fica demarcada, como se fosse uma caneta, mesmo quando vai pra casa”, esclarece André Perina, mastologista do Hospital A.C.Camargo, de São Paulo.

Se você passou pelo tratamento de radio recentemente, a atenção e os cuidados são essenciais e devem ser redobrados. “Além de todos os cuidados que todo mundo deve ter, como não tomar sol depois das 10 e antes das 16h, por causa de câncer de pele, as pacientes de câncer de mama que estão ou estiveram em tratamento de radioterapia recente, não podem tomar sol na área em que receberam a radio, porque naquele local a pele já apresenta uma irritação decorrente do tratamento”, explica o mastologista. “O que pode acontecer é o sol gerar uma hiper-pigmentação no local e manchar a pele”, diz. “Ela não pode tomar sol direto na região, então, caso queira ir à praia, o ideal é que vá com a região coberta e protegida, mesmo nos horários permitidos”. Portanto, uma bata fresquinha, um chapéu e um guarda-sol são muito bem-vindos.

“Alguns medicamentos utilizados na quimioterapia podem causar hiper-pigmentação da pele quando exposta ao sol”, alerta André Perina. Para essas pacientes, o médico orienta que, caso queiram ir à praia, façam isso apenas nos horários permitidos e bem protegidas. “Ela pode ir, mas sempre com o protetor solar, lembrando que ele não dura o dia todo, é preciso passar mais de uma vez, de hora em hora de preferência”. E o médico ressalta: “no sol só protegida e se hidratando muito bem”.

O mastologista alerta ainda as pacientes que passaram pela cirurgia e fizeram esvaziamento axilar. “Elas devem evitar os momentos muito fortes de calor, os mais quentes do dia porque isso pode causar inchaço do braço”, lembra André Perina.

Então, não se esqueça, capriche nos cuidados e tome muito líquido no verão!

voltar ao topo

Nas Águas

Ir à praia é relaxante e pode realmente fazer bem para o corpo e para a alma quando aproveitamos tudo de forma parcimoniosa. Além dos cuidados com o sol, é importante lembrar que o mar nem sempre está liberado para quem fez a cirurgia há pouco tempo. “Se a mulher não estiver no pós-operatório recente, pode entrar no mar, mas é importante saber se as cicatrizes estão bem fechadas e, caso não estejam, é melhor não entrar”, orienta André Perina. “Essa avaliação deve ser feita pelo médico de cada uma”, explica.

Para o especialista, piscinas seguem a mesma idéia do mar. “Isso é caso a caso, se está no pós-operatório, o médico dela deve avaliar se pode ou não”, esclarece.

voltar ao topo

Atividade Física

Exercícios só fazem bem, mas é fundamental que a sua prática siga determinadas regras, principalmente no verão. Atividades físicas devem ser feitas com cuidado, de forma leve e em horários em que o sol esteja menos forte.

Mas uma paciente que está em tratamento para o câncer de mama ou acabou de passar por ele pode, ali pelas 5 da tarde, dar aquela caminhadinha gostosa na praia? “Pode não, deve!”, diz o mastologista do A.C.Camargo. “Sempre com aquelas ressalvas: boa hidratação, horários permitidos, protetor solar, roupas e atividades leves”, orienta.

voltar ao topo

Pós-Sol

Mulheres adoram passar milhares de creminhos, mas cuidado com o que você vai usar para hidratar sua pele após o sol. “Para quem está fazendo somente quimioterapia, pode, mas para quem está em tratamento de radio, depende do hidratante”, explica André Perina. “Ela deve conversar com o radioterapêuta, porque existem alguns cremes que não podem ser usados na área irradiada”, esclarece. “Geralmente, antes da radio é entregue à paciente um folheto explicativo que orienta para que ela não passe nada além do que é prescrito”.

Para as vitoriosas, aquelas que já passaram por tudo, cirurgia, reconstrução, radio e quimio, o especialista indica algumas regras. “Se ela fez radio e não se passaram seis meses ainda, vale o conselho de não tomar sol na área irradiada”. Às pacientes que fizeram cirurgia e quimio, sem a radio, o mastologista sugere que elas não tomem sol no lugar das cicatrizes. “Eu recomendo às minhas pacientes que não tomem sol na cicatriz por pelo menos três meses após a cirurgia, por uma questão estética, pois elas podem escurecer”, indica André Perina. “Passados esses momentos todos, vida normal”, conclui.

voltar ao topo