19/06/2017

Secreção na mama pode ser sinal de alerta

A presença de um nódulo endurecido, inchaço ou vermelhidão são os sinais mais comuns do câncer de mama. Mas, se junto com algum desses sintomas, você tem uma secreção em apenas um dos seios que contém sangue, começou sem motivo aparente e é persistente, isso também pode ser um sinal de câncer. Essa secreção pode […]

A presença de um nódulo endurecido, inchaço ou vermelhidão são os sinais mais comuns do câncer de mama. Mas, se junto com algum desses sintomas, você tem uma secreção em apenas um dos seios que contém sangue, começou sem motivo aparente e é persistente, isso também pode ser um sinal de câncer.

Essa secreção pode ser pegajosa ou aquosa, leitosa, amarelada, esverdeada ou sangrenta. Muitas vezes, é causada por uma condição benigna. Outras possíveis causas podem ser abcessos, efeitos do uso da pílula anticoncepcional, infecção mamária, distúrbios endocrinológicos ou lesão na mama.

 

Sinais de problema com a secreção da mama

Sangue na secreção – isso pode ser sinal de papiloma (lesão não cancerosa) ou da presença de um nódulo em um dos dutos mamários, o que pode ser sinal de câncer. Se esse for o seu caso, você deve procurar um médico.

Secreção da cor esverdeada – caso a secreção tenha cor verde escuro, isso pode ser sinal de um cisto nos mamilos que você não identificou no exame de toque. Nesse caso, é recomendável procurar um médico e fazer um ultrassom mamário.

Secreção em apenas uma mama – se apenas um dos seios soltar a secreção e de apenas um ponto das mamas, isso também pode ser um sinal de problema.

 

Exames para avaliar a saúde das mamas

Para averiguar a causa da secreção em sua mama, o médico pode solicitar a realização de alguns exames. São eles:

  • Mamografia – é um raio-x da mama, que pode ser feito como parte do acompanhamento médico periódico ou para investigar um sinal de câncer;
  • Ultrassonografia da mama – exame que usa ondas sonoras para criar imagens dos tecidos dentro da mama;
  • Ductografia – dilatação dos dutos da mama que ajuda o médico identificar a possível causa e origem da secreção da mama;
  • Biópsia da mama – retirada de uma pequena amostra dos tecidos da mama para análise laboratorial.

Se você apresentar secreção na mama ou qualquer outro tipo de alteração nos seios, procure o seu médico para ter o diagnóstico correto do problema o mais cedo possível.

 

Conteúdo relacionado no site Mulher Consciente

 

Referências