Roche realiza ações do “Outubro Rosa” em São Paulo e no Rio
08/11/2017

Roche realiza ações do “Outubro Rosa” em São Paulo e no Rio

Cerca de 10 mil passageiros foram pegos de surpresa ao transitarem pelos terminais 2 e 3 do aeroporto de Guarulhos, no dia 6 de outubro. Lá, estava acontecendo a primeira ação externa Outubro Rosa – Pernas de Pau, realizada com o objetivo de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Liderados […]

Cerca de 10 mil passageiros foram pegos de surpresa ao transitarem pelos terminais 2 e 3 do aeroporto de Guarulhos, no dia 6 de outubro. Lá, estava acontecendo a primeira ação externa Outubro Rosa – Pernas de Pau, realizada com o objetivo de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Liderados por Raquel Potí, atriz, educadora e estrela das apresentações artísticas dos Jogos Olímpicos Rio 2016, artistas em pernas de pau convidaram o público a refletir sobre a doença, que, só no sistema público de saúde, é detectada em quase metade das pacientes já em fase terminal. A mesma ação foi realizada no Rio de Janeiro, no shopping New York City Center, na Barra da Tijuca, no último dia 9, também obtendo sucesso nas interações com as mulheres cariocas.

Arte e conscientização

O público pôde interagir com o grupo artístico composto exclusivamente por mulheres. As atividades incluíam dança, música e figurinos inspirados na passagem da mulher pelos séculos. As roupas alertavam para o fato de o câncer de mama afetar a população há centenas de anos. Além das pernaltas, que fizeram ensaios com lenços e roupas rosas, a ação também contou com a participação dos médicos do Hospital Pérola Byington (Centro de Referência da Saúde da Mulher) Dra. Andressa Amorim e Dr. Marcello Nascimento, que tiraram dúvidas do público presente. Uma ferramenta feita de silicone, chamada Mama Amiga, foi usada para simular a doença e dar uma visão mais prática para os participantes. Os profissionais convidados elogiaram o projeto e a proatividade da população em procurá-los para entender mais sobre prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Números preocupantes

Nossa intervenção, realizada em parceria com o GRU Airport e o Hospital Pérola Byington, ainda vai passar por Brasília. O projeto faz parte das ações complementares ao Outubro Rosa, voltadas ao empoderamento feminino e à valorização do diálogo com pessoas que viveram as emoções do diagnóstico e da superação da doença – só no Brasil, em 2017, foram 56 diagnósticos a cada 100 mil mulheres.

De acordo com o mastologista André Mattar, também do Hospital Pérola Byington, independentemente dos esforços e dos alertas à sociedade, o câncer de mama ainda é a maior causa de morte de mulheres por câncer em todo o mundo. “Apesar de ser uma doença conhecida, faltam informações sobre a importância do rastreamento e do diagnóstico precoce para o sucesso do tratamento e da remissão do tumor. As taxas de eficácia no tratamento em estágios iniciais chegam a 95%, porém, infelizmente, é muito comum que as mulheres cheguem aos consultórios já com a doença na fase metastática”, alerta.

E você, sabe como fazer o autoexame? Ficar atenta aos sinais do corpo é importante para se prevenir e evitar não só o câncer, mas também outras doenças. Ao sentir algo diferente, procure um especialista. Não deixe de cuidar da sua saúde.