O que é Colposcopia e suas possíveis complicações
28/09/2015

O que é Colposcopia e suas possíveis complicações

A colposcopia é uma das formas de descobrir se uma paciente é portadora do vírus HPV, antes mesmo da evolução para o câncer de colo de útero.

A colposcopia é um exame visual feito na vulva (órgão genital externo da mulher), vagina (canal que se estende do colo do útero até a vulva) e colo do útero. Mesmo sendo indolor, em alguns casos, o exame pode gerar desconforto e sangramentos.
Além disso, a colposcopia é uma das formas de descobrir se uma paciente é portadora do vírus HPV, antes mesmo da evolução para o câncer de colo de útero. Quando a doença é diagnosticada precocemente e tratada em estágios iniciais, a chance de cura do câncer pode chegar a 100%.

Colposcopia com biopsia

O exame é realizado por um médico especialista através de um aparelho, o colposcópio, que permite a visualização do colo do útero e das paredes vaginais. Durante o exame, anormalidades como infecção, processo inflamatório, cicatrização anterior, ou sinais de um possível desenvolvimento do câncer são procurados.
Se algo suspeito for encontrado, o médico realizará um procedimento chamado biopsia, quando uma pequena amostra de tecido é recolhida para análise laboratorial. Esse procedimento pode ser realizado em dois lugares:

– No colo do útero – tem como função delimitar a extensão da doença na região, podendo causar algum desconforto, como pressão ou cólicas;
– Na vagina – serve para confirmar o diagnóstico e pode causar dor e sangramento se realizada na parte inferior da vagina.

 Sangramento após a colposcopia

Um efeito colateral possível após realização da colposcopia sem biopsia é um sangramento vaginal leve por um ou dois dias. Mas se a biopsia for realizada, a paciente pode sentir os seguintes efeitos:

– Dores na vagina e na vulva, que podem durar um ou dois dias;
– Sangramento de leve na vagina durante dois ou três dias;
– Secreção escura na vagina.

Nesse caso, o uso de um protetor diário para recolher os vestígios de sangue ou secreção é aconselhado. Evite o uso de absorventes internos, duchas higiênicas e atividades sexuais durante uma semana após a biopsia.
Mesmo o sangramento leve sendo um dos efeitos colaterais do exame, caso a paciente tenha algum sangramento vaginal intenso, corrimento vaginal mal cheiroso ou dor abdominal grave, ela deve procurar um médico o mais rápido possível.

Conteúdos relacionados no Mulher Consciente

Sobre o câncer de colo de útero

Brasileira desconhece relação entre câncer de colo de útero e HPV

Conteúdo externo relacionado

Instituto de Colposcopia de Brasília – a colposcopia

Referências

http://www.colposcopia.org.br/espaco_mulher/dicas/o-que-e-colposco 
http://www.inca.gov.br/inquerito/docs/detec_mama_colo.pdf
http://www.iacs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=267:ginecologia&catid=48:medicina-diagnostica&Itemid=176
http://www.mayoclinic.org/tests-procedures/colposcopy/basics/what-you-can-expect/prc-20014027
http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/colo_utero/diagnostico1
http://www.hcancerbarretos.com.br/cancer-de-vulva
http://www.fspog.com/fotos/editor2/cap_01.pdf