O que a remoção dos ovários pode causar?
17/04/2017

O que a remoção dos ovários pode causar?

A remoção de um ou dos dois ovários (ooforectomia) é um procedimento utilizado para tratar o câncer de ovário ou para evitar o seu surgimento. A cirurgia pode causar a menopausa e, por isso, você pode apresentar alguns sinais e sintomas depois. O câncer de ovário é uma doença silenciosa, pois não apresenta sinais e […]

A remoção de um ou dos dois ovários (ooforectomia) é um procedimento utilizado para tratar o câncer de ovário ou para evitar o seu surgimento. A cirurgia pode causar a menopausa e, por isso, você pode apresentar alguns sinais e sintomas depois.

O câncer de ovário é uma doença silenciosa, pois não apresenta sinais e sintomas característicos no início. Normalmente, quando a doença é descoberta, o tumor já está em estágio avançado. Por isso, é importante que todas as mulheres façam exames anuais desde a adolescência.

Situações em que pode ser indicado retirar os ovários

A retirada de um ou dos dois ovários (ooforectomia unilateral ou bilateral) é recomendada apenas depois de vários exames para verificar se o tumor é de fato maligno. Mas pode haver outras situações em que é recomendado retirar os ovários.

Torção no ovário – geralmente é causada por um cisto de tamanho considerável no órgão, que altera sua posição, comprime os vasos sanguíneos e leva à necrose de um dos ovários. Mas não é uma situação comum.

Cistos suspeitos – se houver dúvida quanto à natureza do cisto, ou seja, se ele é maligno ou não mesmo após a realização de exames, a indicação geralmente é de retirada do órgão.

Para que a mulher não fique infértil, é preciso avaliar a possibilidade de preservar um dos ovários. Em caso positivo, há chances de a gravidez futura acontecer naturalmente. Normalmente, a remoção do órgão é indicada.

Guardar os óvulos – se houver um prazo mínimo de 15 dias antes da cirurgia, é possível estimular a ovulação e guardar os óvulos para fertilização e implantação no futuro. Converse com o medico para saber se isso é possível no seu caso.

A remoção dos ovários causa menopausa

Caso os dois ovários sejam removidos, isso causará a menopausa precoce nas mulheres que ainda não tenham atingido esse período. Isso porque o organismo fica privado dos hormônios produzidos pelos ovários. Essa condição pode causar os seguintes sinais e sintomas:

  • Calores e ressecamento vaginal;
  • Depressão e ansiedade;
  • Doenças do coração;
  • Problemas de memória;
  • Diminuição do apetite sexual;

É importante conversar com seu médico para avaliar o seu caso e, assim, optar pela melhor maneira para diminuir ou evitar os sinais e sintomas da menopausa precoce depois da ooforectomia bilateral.

 

Conteúdo relacionado no site Mulher Consciente


Referências