O câncer de colo do útero pode acontecer de novo?
21/11/2016

O câncer de colo do útero pode acontecer de novo?

Você terminou o tratamento para câncer de colo do útero. Mas, nos exames de acompanhamento o seu médico encontrou sinais de recidiva, que é volta do câncer após um tratamento inicial. Não se assuste! Existem opções que podem eliminar o câncer ou que podem reduzir os problemas causados pelo reaparecimento da doença. A escolha do […]

Você terminou o tratamento para câncer de colo do útero. Mas, nos exames de acompanhamento o seu médico encontrou sinais de recidiva, que é volta do câncer após um tratamento inicial. Não se assuste! Existem opções que podem eliminar o câncer ou que podem reduzir os problemas causados pelo reaparecimento da doença.

A escolha do tratamento para a recidiva do câncer de colo do útero depende do tipo de tratamento anterior que foi feito, do local em que a quimioterapia ou radioterapia foram realizadas e da localização do novo tumor – que pode aparecer nos órgãos pélvicos próximos ao colo do útero ou em áreas distantes, como pulmões e ossos.

Por exemplo: se a recidiva apareceu nos tecidos próximos ao colo do útero e você não tiver feito radioterapia antes, provavelmente o seu tratamento vai ser a radioterapia. Mas, se ela tiver sido feita anteriormente, a cirurgia pode ser considerada ou, quando não for possível, pode ser realizada a quimioterapia paliativa.

O mesmo tipo de tratamento pode ser usado se o câncer se espalhou para órgãos próximos à região. Entretanto, se o câncer se espalhou para órgãos ou tecidos mais afastados do colo do útero, como o fígado, os pulmões e os ossos, ou seja, se houve metástase, geralmente é feita quimioterapia. A radioterapia também pode ser utilizada em algum ponto isolado onde for considerado importante controlar a doença, como em alguma metástase óssea com risco de fratura, por exemplo.

Para escolher a melhor opção, seu médico deve considerar qual órgão o câncer se espalhou, o tamanho e a quantidade das metástases, os efeitos colaterais da doença, quais tratamentos você já fez e a sua condição de saúde. Você também deve conversar com ele sobre como essas opções de tratamento vão afetar você e quais são os resultados esperados.

Estudos para diminuir as chances de um novo câncer

O tratamento para câncer já progrediu muito, mas ainda há muito no que avançar, como no caso das pessoas com câncer metastático. Nesse sentido, algumas áreas têm desenvolvido pesquisas para diminuir os efeitos colaterais da quimioterapia, que, dependendo do caso, podem atrapalhar o resultado do tratamento.

Outra área estudada é a de novos medicamentos para se conseguir resultados melhores nos tratamentos, como as terapias biológicas, que têm como objetivo fortalecer o sistema imunológico para ele próprio combata o câncer. Embora essas opções ainda estejam sendo testadas, é possível que brevemente elas possam ser consideradas alternativas para o tratamento da doença.

Conteúdo relacionado no Mulher Consciente

Referências