Exames após o tratamento de câncer de colo do útero
03/04/2017

Exames após o tratamento de câncer de colo do útero

Logo após de vencer o câncer de colo do útero, a mulher precisa fazer uma série de exames para verificar se não há nenhuma recidiva da doença. Apesar da felicidade e alívio da cura, é preciso sempre estar vigilante com a saúde. Imediatamente após o fim tratamento, o médico vai recolher amostras do colo do […]

Logo após de vencer o câncer de colo do útero, a mulher precisa fazer uma série de exames para verificar se não há nenhuma recidiva da doença. Apesar da felicidade e alívio da cura, é preciso sempre estar vigilante com a saúde.

Imediatamente após o fim tratamento, o médico vai recolher amostras do colo do útero por meio de uma colposcopia, exame que permite acesso ao colo do útero e à vagina. Ele precisa dessas amostras para analisar e verificar se ainda há células cancerosas. O procedimento será repetido pelo menos uma vez ao ano. Se a paciente teve o colo do útero removido, o médico colherá amostras da vagina. Essa análise é importante porque as células dessa região são de difícil análise depois da radioterapia, então, é preciso observar com regularidade. Os exames pedidos após o tratamento de câncer de colo do útero incluem:

  • Exames feitos pelo médico;
  • Colposcopia;
  • Exames de sangue;
  • Raio-x;
  • Ressonância magnética;
  • Ultrassom do fígado.

Frequência dos exames após o tratamento de câncer do colo do útero

Os exames continuarão a ser feitos ainda por alguns anos após a remissão do câncer do colo do útero. Logo no início, serão realizados mensalmente. Depois, a frequência diminuirá gradualmente, segundo a determinação do médico.

Mas, de um modo geral, durante dois anos após a remissão, serão feitos exames de três em três meses inicialmente; depois, de quatro em quatro meses; e, por fim, de seis em seis meses. Depois disso, serão feitos anualmente por mais três anos.

É preciso que o médico acompanhe atentamente a paciente para diagnosticar rapidamente se houver uma recidiva da doença. Isso porque algumas células cancerosas podem permanecer no organismo. Então, é preciso toda a atenção para que sejam encontradas o quanto antes.

Nesse sentido, é importante que você sempre procure o seu médico e informe se sentiu ou notou algo anormal no seu corpo. Mesmo fora das datas marcadas para exames. Nunca deixe para depois.

 

Conteúdo relacionado no site Mulher Consciente

 

Referências