Contraceptivos orais podem diminuir o risco de câncer de ovário
17/08/2015

Contraceptivos orais podem diminuir o risco de câncer de ovário

Mulheres que fazem uso de contraceptivos há mais de 10 anos têm 45% menos chances de ter câncer de ovário, as que usam há menos tempo 15%. Cientistas acompanharam mais de 300 mil mulheres que tomavam pílulas contraceptivas com combinação de dois hormônios: estrogênio e progesterona.

Mulheres que fazem uso de contraceptivos há mais de 10 anos têm 45% menos chances de ter câncer de ovário, as que usam há menos tempo 15%. Cientistas acompanharam mais de 300 mil mulheres que tomavam pílulas contraceptivas com combinação de dois hormônios: estrogênio e progesterona.

Os resultados mostraram que as mulheres que tomaram pílula durante 10 anos tiveram o risco de desenvolver a doença cortado quase pela metade, enquanto as que fizeram o uso do contraceptivo por um ano ou menos tinham um nível de risco um pouco maior de desenvolver a doença.

Os dados fazem parte de um estudo europeu chamado Epic (European Prospective Investigation of Cancer), que investiga como a dieta e os hábitos de vida podem estar relacionados ao câncer em mais de meio milhão de homens e mulheres e foi publicado pelo British Journal of Cancer.

Por que os contraceptivos orais podem diminuir o risco de câncer de ovário?

Segundo o estudo, existe a “teoria da ovulação incessante”, ou seja, a mulher ovula todo mês e os ovários rompem e têm que regenerar-se todos os meses, isso causaria um trauma que com o tempo poderia transformar-se em um tumor maligno. Com a ingestão da pílula anticoncepcional a mulher não ovula e rompe este ciclo, vem desta teoria o princípio de que os contraceptivos previnem ou diminuem os riscos do câncer de ovário.

Caso tenha qualquer dúvida a respeito, sempre converse com seu médico ginecologista.

Conteúdo no site Mulher Consciente:

http://www.mulherconsciente.com.br/cancer-de-ovario/sobre-o-cancer/

Referências:

http://www.nature.com/bjc/journal/v105/n9/full/bjc2011371a.html

http://blog.saoluiz.com.br/2012/08/duvidas-sobre-anticoncepcionais/

http://www.inca.gov.br/rbc/n_52/v02/pdf/revisao5.pdf

http://ovariancancerday.org/pt/prevention-and-diagnosis/